Notícias

Gondomar candidata areal de Melres, no Douro, a praia fluvial

A câmara de Gondomar quer que o areal de Melres, na margem norte do rio Douro, seja classificada como “praia fluvial”, tendo avançado com uma candidatura à Agência Portuguesa do Ambiente (APA), revelou esta segunda-feira o vereador Carlos Brás.

Em Gondomar, distrito do Porto, existem já dois areais designados como praias fluviais, os de Lomba e Zebreiros, mas o concelho dispõe “de outros locais que, pelas suas características, atraem a população, visitantes e turistas para a prática balnear”, explicou o vereador do Turismo e do Património.

Carlos Brás avançou que a candidatura à APA foi entregue na sexta-feira, e tem a expectativa, pela forma como decorreram processos referentes a outros espaços, que a decisão seja conhecida em Maio do próximo ano. A ser assim, isso permitirá que o areal de Melres esteja “totalmente preparado para a época balnear de 2016″.

“É intenção do Município dotar a área de utilização balnear de Melres com equipamentos de apoio, designadamente bar, balneários e posto de primeiros socorros, assim como dos meios de salvamento previstos na legislação em vigor, promovendo, desta forma, a prática balnear responsável e segura”, lê-se no texto-resumo da candidatura.

Em Gondomar o rio Douro tem uma extensão de 37,5 quilómetros, factor que, Carlos Brás acredita que “potencia, extraordinariamente, a procura das suas margens para a prática balnear”. Até por isso, o município tem vindo a desenvolver ações ligadas à segurança nos areiais não classificados para prática balnear, em articulação com a Junta da União das Freguesias de Melres e Medas.  Entre as acções destacam-se a limpeza e preservação dos espaços, a delimitação da zona de banhos e a presença de nadadores-salvadores formados pelo Instituto de Socorros a Náufragos.

A autarquia de Gondomar também decidiu promover um plano de monitorização das águas balneares de forma “a garantir que as épocas balneares de 2014 e 2015 decorressem dentro da normalidade”, lê-se ainda no resumo da candidatura que inclui o histórico das análises efetuadas à água balnear de Melres nos dois últimos anos, plantas de localização com geo-referenciação da praia e do ponto de recolha de amostras analíticas e levantamento de potenciais fontes de poluição.

“Está lançada a semente para identificação da terceira praia fluvial do Município de Gondomar. Estamos confiantes porque temos vindo a trabalhar este dossier dos areais e praias com muita responsabilidade. A verdade é que os espaços são utilizados, portanto tudo deve ser feito para evitar possíveis acidentes”, afirmou Carlos Brás.

Fonte: Publico